Em dúvida entre dois caras… O que fazer?

Já é raro encontrar um homem que preste, mas algumas sortudas conseguem achar dois! No entanto, o que parece ser uma ótima solução vira um grande problema. Quando a coisa começa a ficar mais séria, fica quase impossível levar duas relações ao mesmo tempo.

Mas e aí… o que fazer? Ficar com ambos? Escolher um dos dois? Fazer um ménage? Se liga nas dicas:

Do jeito que você me olha, vai dar namoro!

Se seu intuito é namorar (independente de qual dos dois), aceite a idéia de que você vai ter que terminar um dos rolos. Não há nada pior que namorar duas pessoas ao mesmo tempo. É desonesto e deselegante (além de muito trabalhoso).

Pesos e medidas

Para escolher entre os dois, o procedimento é simples (apesar da decisão ser complicada). Se você tem certeza que gosta dos dois (já que o não gostar tanto de um o excluiria prontamente), faça uma lista dos pontos negativos e positivos dos dois. Quem somar mais pontos positivos tem preferência.

Cozinhando

A pior parte é a hora de excluir um dos pratos do cardápio. Vai que no fim não dá certo com outro… Em casos de extrema necessidade, você pode cozinhar um deles por uma ou duas semaninhas, só pra ter certeza de que é aquilo mesmo (veja aqui dicas de como cozinhar um bofe). Porém em nenhum momento engane-o. Aí sim fica feio…

Eu sou de ninguém! Eu sou de todo mundo!

Se o seu negócio não é namorar, seu leque de possibilidades é maior! É completamente possível manter dois rolos ao mesmo tempo, seguindo apenas umas regras básicas:

• Não marque com os dois no mesmo dia. Esse negócio de um de manhã e um à noite tem tudo pra dar errado.

• Você sabe que, apesar de não ter prometido exclusividade para nenhum dos dois, se for pega no flagra pelo outro, um dos romances vai miar (se não miarem os dois)! Então evite frequentar com um os lugares que sabe que o outro frequenta.

• Não os apresente pra sua mãe (nem pra sua avó). Elas podem confundir os nomes e deixar você sem ter como se explicar.

• Cuidado para não se confundir na hora de contar histórias. -Lembra aquele filme francês que nós vimos na semana passada? -Mas eu nunca vi nenhum filme francês com você… Cri cri cri

• Cuidado pra não trocar os nomes na hora H. A dica é dar o mesmo apelido para os dois… Gato, lindo, baby… Use o mesmo e aí você não erra.

• Evite falar sobre ambas as relações em redes sociais (como o Orkut). Deixar rastros virtuais é uma falha que não pode ser cometida.

Caso você seja pega, tente manter a calma e tentar salvar pelo menos um dos dois. Se o outro ficar p da vida, lembre-o de que vocês não tinham compromisso (mas dificilmente isso vai fazer uma mente masculina mudar de idéia).

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *