Dicas de economia em momentos de crise e desemprego

1. O que devemos fazer em momentos de crise e desemprego?

Em momentos de crise econômica o mais adequado é fazer uma reunião familiar, para elaborar um planejamento doméstico. Anotar todas as despesas e criar regras para consumo. Por exemplo: ir ao cinema, aproveitar os dias de promoção ou locar uma fita em uma vídeo-locadora para toda família assistir. Vai realizar uma compra, pechinche, não tenha vergonha de ir a várias lojas para pesquisar preços e tenha muita paciência na hora de comprar.

Quanto mais apertado for o orçamento familiar, maior a necessidade do planejamento de gastos. Evite desperdícios na conta de água, luz, telefone e alimentos. Seja um consumidor consciente.

2. O que é preciso para ser um consumidor consciente nos dê algumas dicas de economia?

A dica mais importante em economia de qualquer relação de compra é o “custo – benefício – utilidade”.

O que estou adquirindo realmente é necessário, o custo-benefício deste produto vale a opção por esta compra.

Peça descontos, pesquise preços, procure produtos similares, controle pequenos gastos. A diferença é enorme no comércio, portanto pesquisar é muito importante para o seu bolso.

Busque ofertas pesquisadas (verifique em vários locais para ter certeza da promoção), fique atento aos cartões de crédito e cheque especial, negocie taxas melhores e procure comprar a vista para obter maiores descontos.

3. Existe alguma regra sobre o que gastar neste momento de crise? Que contas são prioritárias?

Primeiro é alimentação, segundo vestuário, terceiro a qualificação profissional e marketing pessoal. Investir em você. As empresas ficam mais exigentes e seletivas em momentos de contenção de mão-de-obra.

As contas prioritárias são: contas de água, luz, telefone, gás, prestação ou aluguel da casa, prestação do automóvel, seguros e convênios médicos.

Negocie prestações, cartões de crédito, cheque especial e outras dívidas.

4. Economicamente como enfrentar o desemprego?

Focar nas melhores habilidades e diferenciais. Planejar na elaboração e entrega de cada currículo. Não perca contato com amigos e profissionais da área. Busque cursos de aprimoramento. Não invista recursos de quitação para abrir um negócio a menos que tenha estudado mercados, finanças, sistemas operacionais e carga tributária dentre outros.

5. Crise vai piorar?

Toda crise é sinônimo de novas oportunidades, com garra, determinação e paciência encontramos o sucesso.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *