Seja aliado do tempo e não adversário dele

Relevante ou Urgente?

Quem reclama da falta de tempo normalmente carece saber distinguir entre o que é Relevante (Importante) e o que é Urgente…

Muitos profissionais passam a vida como “bombeiros” simplesmente apagando “incêndios”, ou seja, atendendo a demanda gerada pelas urgências.

Essa atitude ou postura, em alguns momentos, eleva a visibilidade do profissional dentro da empresa, porém o mantém com baixa produtividade efetiva, pois apagar “incêndios” o impede de ser produtivo em longo prazo.

O segredo para não reclamar da “falta de tempo”, que é gerada pelo constante cuidar de emergências é manter bem definido e separado o que é urgente e o que é relevante/importante.

A conhecida (e não absoluta) regra dos 80/20 pode ser aplicada nisso.

Se você gastar 80% de seu dia de trabalho cuidando do que é de fato importante e apenas 20% do que é urgente, priorizando as urgências que são inadiáveis, em pouco tempo terá reduzido os “incêndios” ao ponto de passarem a ser esporádicos e raros…

Pense nisso antes de definir sua agenda do dia ou da semana…

Dedique-se com afinco ao que de fato é relevante para a empresa, para sua função, para sua vida…

Nos 20% do tempo restante “apague os incêndios”…

Relevante: importante; saliente; sujeito, dependente; aquilo que é preciso ou é necessário; aquilo que importa; o indispensável.

Urgência: qualidade do que é urgente; pressa; necessidade premente, imediata; setor de um Hospital onde se atendem doentes que necessitam de cuidados médicos imediatos.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *