Como ajudar um epiléptico

Primeiramente proteja o doente. Caso a crise ocorra na rua, afaste-o dos locais que possam machucá-lo. Tente apoiar a cabeça do doente com algum tecido ou mesmo uma camisa.

Para não engasgar, mantenha a cabeça da pessoa doente virada para o lado.

Não tente desenrolar a língua do doente em crise para o mesmo não morder o dedo e correr o risco de arrancá-lo, piorando o quadro e podendo ainda causar asfixia.

Não prenda o doente para não causar entorses e espere a crise passar.

Não oferecer nada a uma pessoa inconsciente.

Geralmente o doente fica desorientado por um tempo após a crise, portanto, converse com ele e tente descobrir se ele tomou medicação, se teve

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *